Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Julho de 2017

  • 17/07/2017
  • 16:28
  • Atualização: 17:11

Criadores de "Game of Thrones" destacam carga emocional nas sequências de Daenerys

Para David Benioff e Dan Weiss, cenas Mãe dos Dragões dispensaram diálogos

Emilia Clarke vive a Mãe dos Dragões na trama da HBO | Foto: Youtube / Reprodução / CP

Emilia Clarke vive a Mãe dos Dragões na trama da HBO | Foto: Youtube / Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Atenção! Se você não quer receber spoilers, é melhor nem começar a ler este texto.

O retorno de "Game of Thrones" mostrou que as mulheres terão protagonismo durante a sétima temporada da série. Na volta do programa mais premiado da história do Emmy, Cersei Lannister começou a osquestrar seu plano para manter o poder, Arya Stark deu continuidade a sua vingança pelas mortes na família, e Sansa enfrentou as escolhas de Jon Snow como Rei do Norte. Já Daenerys Targaryen, acompanhada de seu exército, voltou ao seu lar ancestral e se mostrou pronta para lutar pelo Trono de Ferro. 

O momento em que a filha de Aerys II encerrou o episódio com um impactante "Vamos começar?", dito sob Mesa Pintada de Pedra do Dragão, representou o segundo maior pico de conversas no Twitter no Brasil, perdendo apenas para o massacre dos Frey por Arya nos primeiros minutos. O país, inclusive, foi o segundo que mais tuitou sobre o retorno de "GoT", totalizando 569 mil dos mais de 2,4 milhões de tuítes enviados mundialmente, ficando atrás só dos Estados Unidos.

Em entrevista à Vanity Fair, os showrunners David Benioff e Dan Weiss comentaram a chegada de Dany ao local onde nasceu, explicando a decisão de não colocar muitas falas na cena. "Havia muita carga emocional nessa chegada que sentimos que diálogos seriam desnecessários e só estragariam o momento", revelou Weiss. Benioff acrescentou que todos estão dando um pouco de distância para a Nascida da Tormenta para que ela possa "se encontrar". "Mesmo Tyrion, que geralmente é o mais loquaz do grupo, não está falando porque ele quer que ela sinto o local. Em um ponto, Verme Cinzento vai tentar caminhar ao lado de Dany, mas Missandei vai retê-lo porque quer que Dany experimente isso por conta própria", contou.

Já a designer de produção Deborah Riley explicou como pensou o trono do antigo lar dos Targaryen. "O único conselho que recebi sobre o design era que seria um espaço totalitário que passasse proteção", disse. "A questão com a personagem e com todo o espaço nesta temporada é que queríamos transmitir um poder absoluto. Os espaços têm a capacidade de nos impactar emocionalmente, e era muito importante que nós soubéssemos que, considerando todo o seu arco até agora, a Mãe dos Dragões finalmente está em casa e a caminho do objetivo final", completou.

A chave para o design do trono, de acordo com Riley, estava na localização que o programa usaria como modelo para Pedra do Dragão e na incorporação de suas características "Quando estávamos explorando a Espanha, o que normalmente fazemos é fazer uma viagem ao redor do país para tentar descobrir qualquer coisa que possa nos atrair. Encontramos um lugar chamado Zumaia no País Basco que tem esses estratos extraordinários que também se refletiram no próprio trono".